A mais louca assembleia de condóminos do mundo? 18.000 vizinhos

Este complexo de apartamentos está localizado em Kudrovo, uma cidade perto de São Petersburgo (Rússia), e foi construído em 2015.



Muito perto de São Petersburgo, a antiga capital imperial da Rússia, ergue-se um imponente edifício residencial que talvez seja o pior do mundo para ser “presidente” da assembleia de conóminos ou administrador de condomínio. É o maior edifício residencial da região de Leningrado e atualmente abriga entre 18.000 e 20.000 pessoas.


Este gigantesco empreendimento residencial, chamado Novy Okkervil, foi concluído em 2015 e está localizado no município de Kudrovo. Tem 3.708 apartamentos, 35 entradas e 25 andares, segundo o jornal Russia Beyond. Cada andar tem em média de quatro a seis apartamentos, e cada escada tem quatro elevadores.


O complexo residencial na Rússia conta também com uma multiplicidade de instalações, ocupadas por todo o tipo de comércio: desde cabeleireiros a creches, passando por mercearias, cafetarias, correios, farmácia, serviços de ambulatório, centro desportivo infantil e lojas. Além disso, o edifício tem boas ligações de transportes públicos (uma estação de metro fica nas proximidades) e tem uma escola, um supermercado, um hipermercado e uma piscina nas imediações.


As casas de preços acessíveis têm em média dois quartos. O preço de compra de uma casa de dois quartos é de cerca de 7,5 milhões de rublos (86.000 euros às taxas de câmbio atuais), enquanto a renda de um apartamento de um quarto renovado custa cerca de 19.000 rublos por mês (cerca de 218 euros).


A renda de uma casa partilhada é de cerca de 6.000 rublos por mês (cerca de 69 euros), com móveis novos e piso aquecido. Além disso, é possível arrendar casas através de plataformas como a Airbnb, com preços a partir de 22 euros por noite no caso de imóveis com cerca de 35 m2.


Fonte - Idealista