Como proteger o seu imóvel de temporais

Com a chegada da "Danielle" fornecemos estas dicas.


Iniciamos a semana com a alteração meteorológica e para tal fornecemos algumas dicas de como proteger o seu imóvel nestes períodos menos confortáveis.

#1 Vedar portas e janelas Talvez a dica mais importante e de fácil acesso. Ao vedar todas as entradas do imóvel não só garante que o vento faça as típicas correntes de ar, como também, em alturas mais frias, fará com que a casa permaneça quente. #2 Cada móvel no seu lugar A disposição da sua casa também ajudará. Apesar de no nosso país não existir registo de temporais com furacões, é importante saber que em alturas de vento mais agressivo, uma porta ou uma janela ao abrir pode causar uma corrente de ar mais drástica.

#3 Desconecte aparelhos da eletricidade

Esta dica é importante na altura que a trovoada se fizer sentir com mais intensidade, para proteger os seus eletrónicos de uma descarga de energia. No caso de apagões pode ter uma lanterna por perto.


#4 Limpe o exterior Para quem possui jardins e pátios exteriores, esta nota é importante. Quando as condições atmosféricas não são as melhores, temos de ter em conta que com os ventos agressivos a possibilidade de entulho voar é maior. Desde pequenos galhos a ramos de árvores maiores, tudo isso é suscetível a voar e embater no imóvel, sendo evitável através de uma boa limpeza.


#5 Móveis de exterior Continuando o tópico anterior sobre o embate no imóvel por ventos, é de salientar também que resguardar todo o mobiliário é importante. Não só pelo embate mas também para salvaguardar a durabilidade dos mesmos.


#6 Fortaleça a garagem Esta parte do imóvel, para quem tem, é importante ser reforçada, não só por norma ser a zona que mais térrea que existe nas casas, como é suscetível a inundações. Lembrando que também é a zona onde guarda os veículos e materiais perigosos (martelos, pregos, bombas, etc.).


#7 Assegure-se com seguro

Um ótimo seguro para a sua habitação protegerá totalmente a sua habitação de desastres naturais. Escolher um que cobra todos os danos deste tipo, ainda que no nosso país não se verifica condições adversas extremas, é sempre a melhor opção para se salvaguardar a si, à sua família e ao seu imóvel.


Com o país em alerta amarelo devido à tempestade Danielle, é importante saber como agir na altura de proteger o nosso imóvel, sendo ele, a casa que nos alberga e proporciona conforto e segurança.