Comprar casa: Importância da inspeção técnica




Se pondera comprar uma casa usada, existem alguns fatores que devem ser analisados previamente. Um desses fatores é a inspeção ou vistoria técnica que consiste num serviço de enorme importância, mesmo que represente um custo extra.


A aquisição de imóveis usados é uma alternativa bastante presente em grande parte dos compradores, visto que a falta de imóveis novos no mercado imobiliário português é enorme. Neste sentido, é fundamental compreender se está na presença de um bom investimento ou não. Para tal, primeiramente é essencial confiar o seu projeto imobiliário a um agente especialista da zona, uma vez que estes profissionais, além de terem um conhecimento técnico e uma vasta experiência no mercado imobiliário, apresentam também uma rede de contactos gigante, da qual se pode beneficiar. De seguida, é efetuar tudo o que está ao seu alcance para conhecer o estado verdadeiro do imóvel e os potenciais custos de uma renovação ou reabilitação. Desta forma, a meio de um processo de renovação, poderá evitar problemas estruturais ou outros imprevistos, que obriguem a gastar uma pequena fortuna extra. Nessa altura, poderá já não ser possível recuar. Assim, se pondera comprar uma casa usada, a inspeção ou vistoria técnica é um serviço de enorme importância, mesmo que represente um custo extra. Inspeção ou vistoria técnica: Conceito A inspeção ou vistoria a um imóvel consiste num check-up ao imóvel feito por um técnico especialista. Esta vistoria pode ser apontada como uma consulta de rotina no médico de família, de modo a conferir se está tudo bem ou não. Por outras palavras, trata-se um diagnóstico de foro técnico que possibilita compreender aprofundadamente todas as anomalias e patologias de um imóvel. Se existir a mínima suspeita de que há problemas na casa, a inspeção técnica deverá conseguir indicar quais são e as áreas de intervenção que necessitam de ser acionadas. Assim, quem pretende comprar um imóvel usado, consegue decidir de forma fundamentada. Além disso, uma inspeção técnica pode ser um poderoso argumento de negociação com o vendedor. Inspeção/vistoria: Propósito para quem pretende comprar casa São muitos os propósitos da inspeção domiciliária, como:

  • Verificação técnica do estado do imóvel: consiste, como já foi dito, no levantamento de todas as patologias ou anomalias do imóvel, levado a cabo por um técnico especialista;

  • Identificação de problemas: quando existem suspeitas ou problemas recorrentes numa habitação, a inspeção técnica é a via mais rápida para descobrir a causa e para se proceder às devidas correções;

  • Para obter um relatório técnico: este relatório pode ter múltiplos objetivos e pode funcionar como um elemento importante em casos de compra, venda ou até arrendamento de imóveis;

  • Para ter uma ideia real e global do custo de um imóvel e do investimento que precisa de ser feito.

Frequência de inspeção técnica a um imóvel Os proprietários devem efetuar todas as obras precisas à manutenção da segurança, salubridade e arranjo estético dos imóveis. No entanto, tal obrigação nem sempre é cumprida, levando a que, em grande parte das vezes, as intervenções sejam mais dispendiosas. Neste sentido, é sempre preferível realizar inspeções técnicas periódicas, de modo a acompanhar melhor as necessidades de manutenção do imóvel e a fasear o investimento em renovações ou outros trabalhos. Importância de uma inspeção especializada De destacar também a importância de existirem diferentes graus de profundidade e diferentes tipos de inspeções técnicas. Em algumas situações, pode até fazer mais sentido realizar uma vistoria especializada. Cada caso é um caso e deve ser analisado como tal. No entanto, as empresas que prestam serviços de inspeção técnica estão preparadas para acompanhá-lo e para lhe dar um parecer técnico acerca do tipo de vistoria que deve ser feita. Tipos de vistorias / inspeções Podem ser efetuadas vistorias aos pavimentos, às paredes, às instalações de águas residuais, à ventilação do imóvel ou aos seus circuitos elétricos. As inspeções técnicas também possibilitam fazer ensaios topográficos e ensaios que permitem aferir a qualidade do ar interior que, inclusive, é obrigatória em muitos países europeus. Além disso, as vistorias técnicas também auxiliam a clarificar questões de foro camarário, isto é, se um anexo ou outra área do imóvel é legalizável, ou não. Custos de uma vistoria a um imóvel Dependendo do tipo de intervenção necessária, do tipo de imóvel e da fração que se avalia, das suas dimensões e características especiais, os custos podem diferir significativamente. Para efeitos de referência, pode ponderar um custo a partir de 100€ para um apartamento da tipologia T1. A vistoria a um imóvel é útil apenas a quem quer comprar casa? Há diversos casos em que a vistoria a um imóvel pode ser de extrema utilidade. Além de quem quer comprar casa, a inspeção técnica pode ser útil a:

  • Quem deseja vender um imóvel

Para os proprietários que desejam colocar a sua casa à venda no mercado, este beneficiam de uma inspeção domiciliária prévia, uma vez que todos os serviços de inspeção domiciliária originam a um relatório técnico que, no processo de venda de um imóvel, pode significar-se num fator de valorização. A inspeção técnica favorece a transparência e sobe os níveis de confiança entre vendedores e compradores. O facto de existir um relatório técnico factual, elaborado por uma entidade que não está envolvida na negociação, possibilita que o comprador se sinta tranquilo e confiante na informação fornecida. Deste modo, o comprador saberá exatamente o que esperar e quanto terá de investir, numa perspetiva global. Quem desejar arrendar um imóvel Realizar uma inspeção técnica é também essencial para quem pretende arrendar o seu imóvel, de modo a obter alguma rentabilidade extra no fim do mês. Para conseguir arrendar o seu imóvel é preciso, antes de mais, que ele seja seguro para habitar. De seguida, para cobrar uma renda mais vantajosa, é preciso certificar que não existem nenhuns problemas que causem desconforto aos inquilinos. A vistoria técnica vai auxiliar a indicar todos os pontos de intervenção essenciais e, deste modo, conseguir compreender quanto terá de investir para reabilitar o seu imóvel e para colocá-lo no mercado de arrendamento residencial por um valor mais alto. Assim, quem procura arrendar também se vai sentir mais confiante ao ler um relatório técnico e ao saber que todos os problemas lá listados foram, entretanto, intervencionados e resolvidos. Quem deseja fazer obras de reabilitação a um edifício Por último, a inspeção técnica também é fundamental nas situações em que é preciso realizar obras de reabilitação a um edifício. Também nestes casos a intervenção de um técnico especialista acaba por resultar numa mais-valia clara, visto que traz à luz do dia todos os problemas do imóvel, possibilitando realizar pedidos de orçamento mais direcionados e certeiros. Nestes casos, a vistoria técnica costuma também ser um elemento facilitador da comunicação entre todos os intervenientes o que, indiretamente, é outra grande vantagem.