Janelas eficientes: Elementos essenciais




Ao mudar as caixilharias das janelas, além de ser uma vantagem térmica, económica, é também uma vantagem sonora, segura e saudável. Saiba mais.


Algumas questões que os utilizadores colocam antes de renovar a sua caixilharia de alumínio são: O que é que preciso? Uma maior entrada de luz natural na minha casa? Reduzir o ruído? Economizar em aquecimento e ar condicionado? Um design que esteja de acordo com o estilo da minha casa? Segurança? Neste sentido, siga as dicas seguintes para que a escolha seja a mais adequada para cada projeto. Quais as necessidades? Ao renovar as caixilharias, os principais propósitos a alcançar são o conforto, economia, luz e descanso. Além disso, renovar as janelas para melhorar o isolamento é um objetivo essencial, visto que uma janela com pouco estanque pode chegar a perder até 25% de temperatura no interior e, consequentemente, um aumento do consumo de luz e gás. Neste sentido, investir no isolamento térmico é rentável. Igualmente rentável é investir na qualidade de vida, dado que um mau isolamento acústico das janelas pode prejudicar a saúde, o sono e o descanso. Outras necessidades que os utilizadores ganham é a criação de ambientes de máxima ligação entre o interior e o exterior, com bastante luz natural. A Technal conta com séries de caixilharia de alumínio que se caracterizam especialmente por vistas muito discretas, elegantes e que favorecem a entrada de luz natural na habitação. Caixilharia de alumínio Existem diversas razões pelas quais escolher o alumínio para as caixilharias de uma habitação, como, por exemplo: Isolamento térmico: A estanquidade ao ar deve ter um valor A3 ou superior em todos os casos. O vidro duplo com caixa de ar maior que 12 mm. Quanto maior for a poliamida e mais baixa a altura do perfil de alumínio, melhor. Graças ao sistema de rutura de ponte térmica e ao seu sistema de juntas, a esbeltez dos seus perfis (85% da janela é vidro), as janelas de alumínio alcançam grandes níveis de isolamento. Isolamento acústico: Quanto maior a espessura do perfil e da junta central, melhor. O isolamento ao ruído depende de três fatores:

  • O nível de estanquidade ao ar da janela

  • O nível de isolamento acústico do vidro

  • A instalação em obra

Aspeto visual da superfície: O alumínio é a solução que permite maior variedade. O lacado de poliéster oferece mais de 200 acabamentos (lisos, texturados, cor madeira...), o anodizado é um acabamento metálico muito resistente e também Bicolor, com duas cores diferentes. Proteção do meio ambiente: O alumínio é um mineral que se obtém da bauxite (o segundo elemento mais presente na crosta terrestre). É reciclável quantas vezes quiser sem perder as suas propriedades. De facto, atualmente, mais de 70% do alumínio utilizado na Europa provem das unidades de reciclagem. Dimensões: Em função da ferragem e da espessura das paredes, o alumínio permite realizar grandes espaços com perfis elegantes. Durabilidade: O alumínio é muito resistente à intempérie e os seus acabamentos anodizados e lacados também. Há janelas de alumínio com mais de 40 anos em funcionamento. O alumínio termolacado (qualidade marítima) ou anodizado (20 microns à beira-mar), têm a melhor resistência à intempérie, desde que tenham no mínimo uma limpeza anual com água e sabão. O outro elemento básico para a durabilidade é a qualidade das ferragens uma vez que esta é determinante para a durabilidade. Estética: As características do alumínio, a sua leveza, resistência e facilidade de extrusão e a qualidade dos seus acabamentos permitem designs mais estilizados que outros materiais. Manutenção: Para manter o alumínio em boas condições basta limpá-lo com um pano macio e água com sabão. A Technal dispõe de um guia muito útil para o utilizador sobre como manter a caixilharia de alumínio igual ao primeiro dia, graças a uma série de dicas fáceis e rápidas de executar.