Preços das casas sobe em Famalicão, Braga e Guimarães


Em ano da pandemia, o preço das casas subiu. Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), na passada quarta-feira, e apontam para um aumento em 243 concelhos, incluindo Famalicão, Braga e Guimarães.


O concelho famalicense registou uma subida de 9%* por m2, ou seja, no 4º trimestre de 2019, o preço estava fixado em 869 euros e agora está em 947 euros. Já Braga registou uma subida idêntica, aumentando 9,4% o valor por m2. No 4º trimestre de 2019, o preço estava fixado em 936 euros e um ano depois fixa-se nos 1.024 euros.


No concelho vimaranense, o aumento foi um pouco mais elevado. O m2 em Guimarães, no final de 2020, estava nos 964 euros, o que significou um aumento de 13,4% em relação ao mesmo período de 2019, quando registava um preço de 850 euros.


O aumento do valor das habitações aconteceu em 243 concelhos, sendo que em 61 concelhos a subida de preço foi superior a 20%.


O Jornal de Negócios analisou as subidas e pode consultar AQUI o respetivo aumento em cada concelho.


*Valor mediano das vendas por m2 de alojamentos familiares (€).