The Doodle House: a casa onde é impossível entrar sem ficar tonto

Esta casa é uma obra-prima do artista produzida pelo artista Sam Cox. Demorou mais de dois anos a ficar concluída.

Chama-se Sam Cox, mas todos o conhecem como Mr. Doodle. É o artista que se autodenomina pelo que faz: ou seja, preencher qualquer coisa com "rabiscos" (rabiscos que representam formas, animais, símbolos estilizados), tornando-o único... e comercializável. O trabalho abrange tecidos, sapatos e móveis das marcas mais famosas. E agora, até casas. Mr. Doodle decidiu cobrir toda a casa com ‘doodles’, num trabalho que durou mais de dois anos.

A The Doodle House parece um produto de computação gráfica, mas não é. A casa comprada em Kent (Reino Unido) há três anos foi totalmente pintada de branco, criando o quadro perfeito para este artista explosivo, que encheu cada centímetro dele - incluindo móveis - com os seus “rabiscos”.


Uma forma como qualquer outra de usar dois anos de pandemia (de setembro de 2020 a setembro de 2022), 900 litros de tinta branca, 700 garrafas e latas de tinta preta, 2300 ponteiras. Olhando de perto, cada divisão tem o seu próprio tema: água para a casa de banho, sonhos para o quarto e para as escadas, dependendo da direção, inferno e céu.


Este era um projeto que o artista queria fazer há anos. E é preciso dizer que a intenção foi perfeitamente bem sucedida: a casa é, sem dúvida, uma das coisas mais extraordinárias que existe... supondo que seja possível entrar nela sem ficar tonto.

Fonte: Idealista